A primeira montanha-russa no mar arranca já no próximo ano [vídeo]

A carregar vídeo...

Há quem leve o divertimento nos cruzeiros muito a sério. Que o diga a Carnival, uma das maiores empresas de cruzeiros do mundo, que em 2020 vai lançar o recém-construído Mardi Gras, um cruzeiro que até tem uma montanha-russa.

«Bolt, the Ultimate Sea Coaster» é o nome da montanha-russa que terá 240 metros de comprimento e cuja velocidade atingirá os 65 quilómetros por hora. «É a mais rápida – e a primeira – montanha-russa no mar», lê-se no site da Carnival. Construído pela Maurer Rides, com sede em Munique, esta é uma montanha-russa totalmente elétrica que conta com curvas e quedas a cerca de 45 metros acima do nível do mar e com uma vista de 360 graus.

Os passageiros seguem num veículo semelhante a uma mota, na qual podem escolher a sua própria velocidade. Aquele que será o maior parque de diversões no mar procura «proporcionar novas aventuras para os hóspedes do cruzeiro», referiu Christine Duffy, presidente da Carnival. «Será um passeio emocionante. Divulgaremos mais detalhes sobre o navio nos próximos meses», acrescentou.

«Quando lançámos o nosso primeiro navio, o TSS Mardi Gras de 1972, sabíamos que estávamos a agitar o mercado. Em 2020, lançaremos um novo navio com um nome bastante familiar: Mardi Gras. Mas não estamos apenas a homenagear o primeiro. Este nome sugere inovação, sinaliza o início de algo grande. E grita a plenos pulmões: ‘Diversão’», lê-se no site da Carnival.

O primeiro navio da Carnival foi lançado em 1972 e também se chamava Mardi Gras, como este.

Sobre o navio, de acordo com a empresa, este é também o cruzeiro mais verde da América do Norte, o primeiro a ser alimentado por gás natural liquefeito.

O Mardi Gras estará atracado em Port Canaveral, na Flórida, a cerca de uma hora dos parques temáticos da Flórida Central. As informações do itinerário serão reveladas em breve.