Em Nova Iorque há um rooftop onde se produzem seis vinhos diferentes

Os rooftops estão na moda. Mas há quem vá mais longe. Em Brooklyn, Nova Iorque, há um edifício que, no topo, tem, nada mais nada menos que, uma vinha.

Tudo começou na primavera de 2015, com o nascimento da Rooftop Reds. «A nossa missão é ambiciosa, queremos ir muito além de trazer a viticultura para a indústria da agricultura urbana. Vamos plantar as sementes para uma nova geração de entusiastas da viticultura», defendem os responsáveis pelo conceito no site.

E estavam lançados os dados para o surgimento da Brooklyn Navy Yard, um vinha no topo de um prédio, que abriu um ano depois. «Com a ajuda da Universidade de Cornell, desenvolvemos um sistema de plantação urbana que é o primeiro do género. A Rooftop Reds pediu a 42 engenheiros que transformassem os 14.800 metros quadrados do telhado na Brooklyn Navy Yard», continuam os fundadores.

E assim foi. A primeira colheita aconteceu dois anos depois, em outubro de 2017. Por ali, no telhado, produzem-se seis vinhos feitos com uvas provenientes da região de Finger Lakes, no estado de Nova Iorque. As garrafas estão disponíveis para os clientes que visitem o terraço.

E claro, como rooftop que se preza, a Brooklyn Navy Yard também organiza eventos. «Há ‘happy hours’, experiências gastronómicas, degustações de vinhos, de queijos e de chocolates, ioga, noites de cinema com direito a vinho e pizza, churrascos de verão e passeios pela vinha com guia», lê-se ainda no site.