Chelsea aplica multas de milhares aos jogadores que infringirem regras

As duras multas do Chelsea. Chegar atrasado a um treino custa 23 mil euros
Frank Lampard é treinador do Chelsea desde o início da época e ao que parece muito pouco tolerante com quem quebra as regras. © John Sibley/Reuters

No Chelsea o regulamento interno é a doer e as multas podem custar caro aos jogadores que infringirem as regras.

De acordo com o jornal inglês Daily Mail, que publica uma fotografia com o regulamento que está afixado à porta do balneário da equipa londrina, as multas podem ir até aos 23 mil euros (a mais cara) para os futebolistas que se atrasarem a chegar ao campo de treinos.

Mas há mais. Se um jogador chegar a atrasado a uma reunião está sujeito a uma multa de 500 euros por cada minuto em falta. Se um telemóvel tocar durante uma refeição ou reunião, o dono do aparelho tem de pagar quase 1200 euros. E se por qualquer razão um dos jogadores resolver não viajar no autocarro da equipa no regresso de um jogo, sem informar os técnicos 48 horas antes, está sujeito a uma multa de 11,6 mil euros.

https://twitter.com/ChelseaFanClu17/status/1194278640088797188

Todos estes castigos têm prazo de pagamento, tal como está escrito no regulamento de normas internas. As multas têm de ser saldadas no prazo de 14 dias, caso contrário os valores dobram. É caso para dizer que com o treinador Frank Lampard, que foi jogador do clube, o melhor mesmo é chegar a horas e ter atenção ao som dos telemóveis.