Barefoot Luxury

No famoso restaurante Benz, no resort de luxo Tailandês Soneva Kiri, não vai encontrar trufas italianas no menu. O chef faz questão de usar só ingredientes locais, de acordo com a política «farm-to-table» adotada desde o início. E as iguarias servidas já conquistaram os paladares mais exigentes.

Há uns anos atrás, eco turismo era sinónimo de turismo «pé descalço». Hoje tornou-se uma das grandes tendências no turismo de luxo: o barefoot luxury.

Esta abordagem ecológica na hotelaria está a atrair um número cada vez maior de clientes que exigem sustentabilidade nas suas opções de férias, sobretudo no segmento alto. E estão dispostos a pagar mais por isso. Sobretudo Millennials, fãs do conceito conhecido por SLOW LIFE – Sustainable Local Organic Wellness Learning Inspiring Fun Experiences.

Há uns anos atrás, eco turismo era sinónimo de turismo «pé descalço». Hoje tornou-se uma das grandes tendências no turismo de luxo: o barefoot luxury.

Mas o que é barefoot luxury? A expressão lembra imagens de praias desertas paradisíacas e bungalows em ilhas de sonho…mas é muito mais do que pés descalços em águas cristalinas. É uma nova forma de estar e de viver, é a sofisticação da simplicidade. A cadeia Six Senses é conhecida pela recomendação que dá aos seus hóspedes à entrada: «no news, no shoes».

Num mundo híper conectado, entrar numa zona «wifi free» é um luxo. O barefoot luxury traduz-se nesta busca de tempo para desligar e relaxar. Não fazer nada. Passar o dia no SPA passou a ser uma necessidade de bem-estar em vez de uma extravagância (já os Gregos e Romanos conheciam bem os benefícios do Sanum Per Aqua). Os retiros de yoga estão ao rubro. Aulas de meditação fazem parte integral da oferta dos hotéis de luxo.

Mas não precisa de ir para as Maldivas ou Groenlândia para viver esta experiência. Temos o luxo de viver num país com uma oferta incrível de barefoot luxury. De Norte a Sul, passando pelas Ilhas, Portugal tem verdadeiras pérolas naturais.

Seja na praia, na montanha, na floresta ou nos fiordes, a experiência da natureza torna-se cada vez mais relevante. Com vidas urbanas aceleradas, as pessoas procuram ambientes em comunhão com a natureza, flora e fauna. E espaços amplos, decoração elegante com materiais naturais e de origem local, enquadrados na paisagem, com respeito pela cultura e comunidade local.

Mas não precisa de ir para as Maldivas ou Groenlândia para viver esta experiência. Temos o luxo de viver num país com uma oferta incrível de barefoot luxury. De Norte a Sul, passando pelas Ilhas, Portugal tem verdadeiras pérolas naturais. A explorar…descalço, claro.