«Small has never been bigger»

«Small has never been bigger» é uma expressão da Small Luxury Hotels of the World. Surgiu no contexto das tendências atuais do mercado de turismo de luxo, e parece-me que assenta em Portugal como uma luva.

O sucesso e a importância do turismo em Portugal são reconhecidos por todos. 2017 foi um ano recorde, com mais de vinte milhões de turistas e quinze mil milhões de receitas turísticas. Somos um case study, somamos prémios e estrelas nas mais variadas categorias – desde a restauração à hotelaria. O mundo está a descobrir Portugal! Há quinhentos anos foi o inverso com os Descobrimentos.

Numa sociedade hiperconectada e digital, a ligação emocional – humana e presencial – tem uma importância cada vez maior.

O que procuram estes viajantes em terras lusas? Criar memórias. E quanto mais exigente for o viajante maior a procura da ligação emocional com o seu destino.
Numa sociedade hiperconectada e digital, a ligação emocional – humana e presencial – tem uma importância cada vez maior.O turista procura experiências reais, que criem proximidade, que permitam conhecer e participar na comunidade e na cultura locais.

Prefere os hotéis boutique, onde o concierge assume um papel de curador da estada – e tão depressa reserva um palácio para um jantar romântico a dois, como organiza uma visita a uma adega onde o cliente faz uma prova de vinhos (acompanhado da família que o produz há gerações, e que conta as suas histórias de vinho e de vida), e é convidado a pisar a uva para o vinho que depois é engarrafado com o seu rótulo pessoal. São memórias que ficam. Mas que também são partilhadas com o mundo através das redes sociais.

A autenticidade do destino e das experiências no local ganharam cada vez mais importância na escolha da viagem e do orçamento alocado. O turista exigente já não quer ir à Praça de São Marcos, em Veneza, e ser mais um entre a multidão. Prefere a Praça do Comércio, onde pode tirar a selfie com a mítica luz de Lisboa e o Castelo de São Jorge, e postar no Instagram. Lisboa e Portugal entraram na bucket list das viagens a fazer, simbolizados pela #cantskipportugal. A nossa hospitalidade intrínseca e verdadeira é uma raridade no mundo atual, uma pérola natural… para a qual há um enorme apetite.

Temos um país com características naturais únicas, com quase novecentos anos de história, mestre no storytelling, e onde temos vindo a aperfeiçoar a arte de bem receber. Tudo isto num pequeno paraíso à beira mar, numa Europa que vive em paz. São condições únicas para criar memórias a quem nos visita. E criar valor para quem fica, que podemos, e devemos, fomentar sempre com o cuidado de preservar e valorizar o que nos torna únicos.