Chegou o primeiro SUV de luxo da Rolls-Royce

A Rolls-Royce apresentou aquele que é o primeiro SUV de luxo da marca. Foi durante um lançamento em Houston, que se ficou a conhecer o preço do carro: 325 mil dólares, o que equivale a 280 mil euros.

O Cullinan, cujo nome se inspira no diamante mais valioso à face da terra, é o SUV mais caro no que toca ao setor do luxo. «É a jóia da coroa dos SUVs», referiu Jimmy Olguin, o gerente da Rolls-Royce Motor Cars North Houston, onde foi apresentado o veículo e que já fez a pré-venda de 20 automóveis deste modelo.

Com 5,34 metros de comprimento, ou seja, apenas 42 centímetros mais curto que o Phantom; 2,16 metros de largura e 1,83 de altura, o Cullinan apresenta-se com 6,75 litros, 563 cavalos de potência, um motor V-12 e um sistema de suspensão a ar que rebaixa o carro no momento em que se está a aceder ao interior.

O modelo tem ainda um único botão «off-road» no painel central que facilita a passagem por zonas todo o terreno. O interior é em madeira e com detalhes em couro costurado à mão, e outros em metal cromado, como por exemplo nas maçanetas e mostradores. Apresenta ainda colunas Rolls-Royce feitas sob medida e tapetes de lã de carneiro de pelúcia.

E claro mantém as características de um típico Rolls-Royce: a grade vertical Parthenon, a estatueta Spirit of Ecstasy no capot, que pode ser escondida, ou o desenho dos faróis.

No banco de trás é possível aceder às informações do painel de controlo, e ainda traz um bonús: uma garrafa de uísque. Também a Bentley, a Lamborghini e a Aston Martin estão a trabalhar em SUVs de luxo, seguindo os exemplos dados pela Porsche, Jaguar e Maserati.