Restaurante de Jamie Oliver em Lisboa não vai fechar

(Filipa Bernardo/ Global Imagens)

Os restaurantes de Jamie Oliver no Reino Unido faliram. Cerca de 22 restaurantes fecharam e com isso mil empregados foram despedidos, de acordo com notícia do The Guardian. Contudo, esta encerramentos não vai afetar o restaurante de Lisboa – inaugurado no início de 2018 – não será afetado, segundo fonte oficial do Jamie’s Italian em Lisboa.

Texto Filipe Gil

“A operação em Portugal não será afetada uma vez que tem conhecido um percurso de crescimento e robutez”, indica a mesma fonte à DN Ócio.

O comunicado oficial do grupo diz ainda que os encerramentos no Reino Unido “devem-se a um cenário singular que se vive no Reino Unido, tendo como pano de fundo um ambiente comercial específico, extremamente desafiador do high street, incerto com a incógnita do que será o Brexit e o fim anunciado do boom do período dourado da restauração em Inglaterra que assistiu, no último ano, ao fecho de cerca de 750 restaurantes“.

O encerramento irá afetar não só os restaurantes Jamie’s Italian mas também dois das marcas Fifhteen e Barbacoa no centro da capital inglesa. Os restantes restaurantes no Reino Unido passaram a ser geridos pela consultora KPMG.

O chef britânico confirmou a notícia nas redes sociais, durante o dia de ontem (21 de maio).