Quanto pagaria para nadar… com porcos?

Sol, calor, uma ilha deserta com areia branca, água azul-turquesa e… porcos nadadores. É assim em Big Major Cay, nas Bahamas. E para ver estes animais há quem pague mais de 300 euros por um tour em grupo ou até 2.000 euros por um barco privado.

São milhares os turistas que todos os anos pagam centenas ou até milhares de euros pela experiência. Conhecidos como Swimming Pigs, os porcos são a grande atração e vários operadores turísticos organizam viagens de barco até esta ilha desabitada de Exumas, hoje conhecida como «Pig Beach» [Ilha dos porcos].

Há quem opte pelo tour, que ronda os 300 euros, mas há também quem prefira alugar um barco, pagando mais de 2.000 euros pela experiência.

Mas afinal, como é que os protagonistas desta história ali foram parar? Diz-se que foram deixados na ilha por marinheiros há muitos séculos. Marinheiros esses que voltariam para os cozinhar. Os homens nunca voltaram. E os animais aprenderam a nadar.

Hoje são a principal – senão única – atração da ilha. Já receberam visitas da atriz Amy Schumer ou da modelo Bella Hadid e como tal figuram em publicações que se tornaram virais. Mas as redes sociais não são o único «palco» dos porcos nadadores. Já brilharam também no programa do canal britânico ABC «The Bachelor».

Contudo, a vida destes animais está em perigo. Os alimentos que muitos dos turistas lhes dão estão a matá-los: no ano passado houve relatos de sete mortes. Criadores locais defendem que «há quem lhes dê cerveja e rum». Ainda assim, de acordo com o governo local, há ainda 40 porcos nadadores na «Pig Beach». E com eles milhares de turistas.