Peças de coleção: uma forma de preservar obras primas da sétima arte

Na era da ira digital (fanatismo nas redes sociais, hate mail, fake news), quando todos os conteúdos estão acessíveis na imaterialidade online, as edições especiais em DVD, Blu-Ray e 4K Ultra HD surgem como o derradeiro oásis dos espectadores-recolectores.

Texto Pedro Marta Santos

As collector’s editions são a melhor forma à face do planeta audiovisual de preservar as obras-primas do cinema e o filet mignon da nova era doirada da televisão, com peças palpáveis, belas, duradoiras, rigorosamente pessoais e intransmissíveis. A diferença entre os formatos está na qualidade de imagem e som (grosso modo, enquanto o DVD se baseia numa definição de 500 linhas horizontais, o Blu-Ray chega a uma resolução de 1920×1080, com os recentes discos 4K Ultra HD a quadruplicarem os valores do Blu-Ray), mas cada um deles vai sendo disponibilizado por editores de exceção desta pristina categoria: a norte-americana Criterion, a Artificial Eye inglesa, a linha Masters of Cinema da britânica Eureka, os incansáveis (e de imaculado bom gosto) franceses da Wild Side e Carlotta ou os especialistas das zonas trash e dos clássicos de culto, casos da Blue Underground ou da Mondo Macabro.

Contrariando o banal efémero do streaming e dos downloads, as collector’s editions estão para os cinéfilos e o «cinema em casa» como as edições limitadas em vinil estão para os audiófilos e os amantes de música: reprodução de qualidade excecional, packaging e design de arte exclusivamente concebidos para cada lançamento, em peças para conservar, guardar e revisitar.

Depois, há os extras: cada exemplar reserva ao feliz contemplado novos documentários sobre a longa-metragem eleita, entrevistas inéditas aos autores, cenas eliminadas ou alongadas, director’s cuts (a versão do realizador raramente ou nunca exibida em sala), além de booklets ou livros monográficos exclusivos. Todas podem ser encomendadas online, via Amazon ou através dos sites das respetivas editoras. Sendo sempre mais cara do que o exemplar canónico em DVD ou Blu-Ray do seu filme predileto, a singularidade de uma collector’s edition vale cada euro extra na fatura. No fim de contas, não se sente especial o comprador de uma serigrafia de Vieira da Silva ou de um Roy Lichtenstein?

Ingmar Bergman’s Cinema
Ingmar Bergman
The Criterion Collection
desde 20 Novembro
219 euros (239, 96 dólares)

A melhor coleção digital de sempre da obra do mestre sueco (e, com toda a probabilidade, a definitiva) reúne em Blu-Ray 39 dos títulos mais importantes de uma filmografia que se confunde com a segunda metade artística do século XX. Organizado como um festival de cinema e percorrendo seis décadas, é um acontecimento imprescindível ao 100º aniversário do nascimento do autor de «Persona» ou «Fanny e Alexandre» – aqui incluídos ao lado de inéditos em Blu-Ray como «No Limiar da Vida» e «Ritual»- onde uma luxuosa monografia de 248 páginas sobre a obra e mais de 30 horas de conteúdos suplementares são pontos altos da celebração.

Imagine
1971, John Lennon
2018 (expanded and remastered) Deluxe Edition
Calderstone Productions Limited
desde 5 Outubro
124 euros (140,99 dólares)

Esta oferta britânica é a melhor reedição de luxo do álbum de 1971 de Lennon, aqui desdobrado e multiplicado por quatro CD e dois Blu-Rays, com destaque para uma remistura, já este ano, em Abbey Road através de transfers áudio de alta definição 24 bits/96kHz das gravações originais, com surround 5.1. Mas os conteúdos diferenciadores constituem uma autêntica arqueologia sonora do LP, através das versões de cada canção, da demo inicial ao master definitivo, incluindo-se a primeira remasterização em 47 anos da Quadrosonic Album Mix de «Imagine» por Lennon, Yoko Ono e o lendário produtor Phil Spector.

«1900» («Novecento»)Blu-Ray + DVD + livro
1976, Bernardo Bertolucci
Coffret Édition Collector
Wild Side
desde 21 Novembro
59,99 euros

Por uma das mais inteligentes produtoras cinematográficas francesas, que sempre apostou em edições home-video de qualidade e cuidado plástico excecionais, surge este pack de luxo, numa cópia restaurada em 4K sob supervisão do diretor de fotografia Vittorio Storaro, do fresco sangrento de Bertolucci na sua versão integral – são 5 horas e 18 minutos de desventuras de dois amigos (De Niro e Depardieu) ao longo de 45 anos, um ensaio sobre a génese do fascismo com pano de fundo de lutas laborais. Distribuídos por três Blu-Ray, dois DVD e um livro sobre a obra por Giuseppina Sapio, especialista em Bertolucci, há novos documentários e making-of.

A Dama de Shanghai (Lady of Shanghai)
1947, Orson Welles
Coffret Blu-Ray
Carlotta Films (via Sony Pictures)
desde 14 Novembro
49,99 euros

O lendário momento em que o monstro Orson Welles se apaixonou pela bela Rita Hayworth, cortando-lhe o sublime cabelo, tingindo-o de loiro e abandonando-a pouco depois, ficou imortalizado neste thriller febril, de compulsões passionais, agora à mercê dos cineamantes num Blu-Ray Ultra Collector de restauro 4K, em caixa retro desenhada por Jonathan Burton e edição numerada e limitada a 3000 exemplares. Inclui um DVD e o livro «Miroirs d’Un Film: La Dame de Shanghai de Orson Welles» com textos inéditos.

The Fog (1980), Escape From New York (1981), Prince of Darkness (1987), They Live (1988)
John Carpenter
4 John Carpenter 4K restorations (Digipack Collector’s Edition)
StudioCanal (edição britânica)
desde 26 Novembro
50 euros por filme (44, 95 libras por filme)

Uma tetralogia de magníficos restauros 4K de imagem e som para um quarteto das obras mais impressivas de um artista do suspense – e um especialista do Cinemascope – com particular veio de criatividade nos anos 80. A truculenta distopia série B de «Fuga de Nova Iorque» ganha destaque, mas cada lançamento inclui quatro discos transbordantes de extras, destacando-se a banda sonora original das quatro longa-metragens, design inédito de capa, cinco postais e um novo poster, além de vários artigos e ensaios. Um rebuçado para os entusiastas dos eighties e um fartote para os carpenterianos.

L’Intégrale Jean Vigo
1930 a 1934, Jean Vigo
Coffret Prestige
Gaumont Vidéo
desde 10 Outubro
68,99 euros

A estrela cadente Jean Vigo (morreu em 1934 aos 29 anos com apenas uma longa-metragem de ficção rodada) deixou, ainda assim, a sua marca na história do cinema, e ela está impressa na sua totalidade neste raro conjunto reunindo todo o trabalho de Vigo em dois Blu-Ray e dois DVD: novos masters restaurados de «A Propos de Nice», «La Natation para Jean Taris», «Zéro de Conduite» e «L’Atalante», acrescidos de 7h30 de material suplementar, incluindo documentários, duas curtas-metragens inspiradas pela obra e testemunhos de cineastas fãs de Vigo, como Truffaut, Jean Rouch, Henri-Georges Clouzot ou Marco Bellochio.

 

Columbo: Coffret Intégrale
1989 a 2003, Richard Levinson e William Link
Édition Limitée Spéciale 50éme Anniversaire
Universal Pictures
desde 2 Outubro
119 euros

Reunindo a totalidade dos 69 episódios produzidos para a série «Columbo», com uma duração média de 80 minutos, difundidos pela NBC entre 1969 e 1978 e pela ABC entre 1989 e 2003, são 23 anos do mais célebre detetive da história da televisão clássica espalhados por 38 DVD em cópias remasterizadas. Sempre recorrendo ao gancho do conhecimento do assassino por parte do espetador, o prazer reside em acompanharmos a lógica dedutiva – ou por vezes, o puro instinto – do despistadíssimo tenente interpretado por Peter Falk. Esta edição oferece uma réplica em miniatura do Peugeot 403 do detetive (obviamente em melhor estado do que o original).

«Terminator 2: Judgment Day» («O Exterminador Implacável 2: O Dia do Julgamento»)
1991, James Cameron
Édition Collector Ultimate
Universal Pictures
StudioCanal
disponível desde 17 Julho
229,90 euros

Uma edição numerada em 4K Ultra-HD do carrossel de ficção científica non stop de James Cameron («Titanic», «Avatar»; este novo restauro foi aprovado por ele) que apresenta as várias versões do filme – a de cinema de 134 minutos, a director’s cut de 154m e a director’s cut longa, de 156m – em 4K, Blu-Ray 3D, Blu-Ray convencional, além do CD da banda sonora original, com a cereja robótica no topo deste bolo futurista, uma cópia (limitada a 1500 exemplares) do braço do endoesqueleto do T-800, o androide assassino enviado do futuro para matar Sarah Connor no primeiro filme da saga.