O que já se sabe sobre o Bacalhau Story Centre

O Bacalhau Story Centre, da autoria do professor Álvaro Garrido, do NewsMuseum e do arquiteto Tiago Silva Dias, irá localizar-se no torreão nascente do Terreiro do Paço

O Bacalhau Story Centre será um espaço de homenagem ao bacalhau, enquanto símbolo cultural, histórico e de gastronomia em Portugal. Um centro dedicado à história deste produto tão tradicional português está integrado num Plano de Requalificação Ribeirinha de Lisboa.

Texto de Cláudia Pinto

Foi anunciada no final do mês de novembro a reabilitação da frente ribeirinha central lisboeta, desde o Terreiro do Paço à Doca da Marinha, naquela que é a maior operação de valorização do rio das últimas décadas, com um investimento total de 27 milhões de euros, repartido entre o Fundo de Desenvolvimento Turístico de Lisboa e verbas asseguradas pela Associação de Turismo de Lisboa (ATL).

O Plano de Requalificação da Frente Ribeirinha surge com o objetivo de criar condições únicas para a atividade marítimo-turística e de “devolver o rio Tejo aos lisboetas e à cidade de Lisboa”, conforme afirmou Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, na apresentação do projeto. A frente ribeirinha vai transformar-se no novo Cais de Lisboa e incluirá sete etapas, com a criação do Muro das Namoradeiras, do Cais das Colunas,d a Estação Sul e Sueste, do Centro Tejo, dos Pontões, do Cais de Apoio à Atividade Náutica e do Bacalhau Story Centre.

O último, da autoria do professor Álvaro Garrido, do NewsMuseum e do arquiteto Tiago Silva Dias, irá localizar-se no torreão nascente do Terreiro do Paço e “será uma homenagem ao bacalhau, enquanto símbolo da gastronomia, da cultura e da história de um país que, há muito, pensa global. Este será um espaço para lembrar as gerações de marinheiros e pescadores e explicar a maneira de ser de um povo sempre pronto a oferecer o que tem e ir até ao fim do mundo, trazer o que lhe falta”, pode ler-se no comunicado de imprensa enviado às redações aquando da apresentação oficial deste projeto.

O futuro Bacalhau Story Centre será um espaço para lembrar as gerações de marinheiros e pescadores e homenagear o bacalhau como símbolo da cultura e gastronomia de Portugal.

Ainda não existem muitas informações sobre o novo espaço e ainda não se sabe se irá manter o nome em inglês ou se este será, afinal, em português, escreveu na altura o Diário de Notícias.

Tem sido, no entanto, indicada a possibilidade de articulação deste espaço com a presença do navio Creoula, que será também renovado, modernizado e passará a estar aberto ao público.

Apesar de ainda não existir uma previsão concreta de inauguração do novo Cais de Lisboa, o segundo semestre do próximo ano já foi avançado como uma probabilidade. “Assim que tivermos mais informações, partilharemos”, disse, ao DN Vítor Costa, diretor-geral da ATL.