Novo museu 007 pendurado em montanha na Áustria

É uma experiência única no coração da estância de esqui de Solden, no Tirol: o museu dedicado ao agente secreto mais famoso do mundo abriu portas, num volume de betão e vidro suspenso no topo da montanha. Lá dentro, vive-se o making of de vários filmes de James Bond, com especial destaque para Spectre. Não é de estranhar: foi ali que foram rodadas muitas cenas do filme…

Texto de Marina Almeida

Ao restaurante Ice Q juntou-se um edifício de betão e vidro: o 007 Elements. Assinado pelo arquiteto austríaco Johann Obermoser, o projeto contou com a colaboração do diretor de arte dos filmes de James Bond, Neal Callow, e Tino Schaedler, diretor de design da Optimist Inc, uma agência criativa. Tudo junto para criar um mundo 007 no topo da montanha Gaislachkogl, a 3,048 metros de altitude. «O edifício foi desenhado com um ambiente James Bond, para que os visitantes sintam como se estivessem a caminhar no mundo de 007», refere a produção.

No interior do 007 Elements há nove salas, que criam ambientes distintos dos filmes de Bond. O objetivo da estrutura é criar experiências de «nova geração» e revelar os segredos de produção e rodagem dos filmes.

«Os visitantes são levados numa viagem multisensorial, com bandas sonoras emotivas, iluminação dramática e projeções visuais de alta qualidade. A estrutura do storytelling, o ritmo dos espaços dentro do edifício e o movimento das luzes e das sombras foram concebidos para proporcionar aos visitantes uma experiência mais próxima de um filme do que um museu tradicional», apontam.

O 007 Elements está aberto das 9h00 às 15h30. Os bilhetes custam entre 12 e 22 euros. A entrada é feita em Solden, pelo teleférico de Gaislachkogl.