Jantares a quatro mãos com vista para as vinhas do Oeste

Sábado é dia de jantar a quatro mãos no Grande Escolha, restaurante fine dining do hotel Dolce CampoReal, em Torres Vedras. O espaço que foi recentemente distinguido como “Melhor Restaurante de Resort Europeu” nos World Luxury Travel Awards convida chefs com raízes na região Oeste para elaborar menus inspirados nos produtos regionais e nos vinhos de Torres Vedras e Alenquer.

Depois de, no passado sábado, o chef Rui Fernandes ter recebido na sua cozinha o chef Celso Duarte Padeiro, Elemento da Equipa Olímpica Nacional de Cozinha desde 2009 e Membro da Direção da Associação de Cozinheiros Profissionais de Portugal, este sábado é a vez de abrir as portas ao chef António Amorim.

O chef que já passou pelo 100 Maneiras, Vila Joya, Feitoria e projetos próprios como a Rota da Seda, Blend e o Restaurante AA em Torres Vedras é atualmente proprietário da “Fabrica de Pastel de Feijão” em Lisboa, levando assim o tradicional doce Torreense para a capital.

Dia 22 é a vez do chef Carlos Gonçalves mostrar os seus dotes na cozinha do Dolce CampoReal. Chefe Executivo do hotel Corinthia Lisboa, Membro Sénior da Equipa Olímpica Nacional de Cozinha desde 2003 e Vencedor do WACS Global Challenge Lisbon em 2009.

Esta iniciativa enquadra-se nas comemorações do evento Cidade Europeia do Vinho e da Vinha 2018 – Torres Vedras e Alenquer, com atividades que decorrem até ao final do ano e que pretendem dar a conhecer os vinhos destas duas cidades inseridas na região vitivinícola de Lisboa.

Estes jantares estão disponíveis para qualquer pessoa, ainda que não esteja hospedada no hotel, e têm um custo de 45 euros por pessoa, mediante reserva.