Herdade no Alentejo quer tornar exploração totalmente sustentável

A Herdade de Coelheiros, no Alentejo, está a realizar um estudo que visa tornar a exploração agrícola totalmente sustentável.

O objetivo é proteger a biodiversidade dos terrenos e está a ser desenvolvido em parceria com o Departamento de Biologia da Escola de Ciências e Tecnologia da Universidade de Évora.

O estudo implementado pela propriedade familiar localizada na aldeia de Igrejinha, concelho de Arraiolos – e onde nascem alguns dos vinhos mais emblemáticos da região do Alentejo – pretende avaliar que práticas ambientais e culturais devem ser postas em prática para possibilitar que, no prazo máximo de 3 anos, se possa reconverter as atuais práticas para um sistema de exploração agrícola totalmente sustentável.

A Herdade estende-se por mais de 800 ha, entre os quais 50ha de vinha em parcelas selecionadas, 40ha de pomar de nogueiras e uma vasta área de montado onde pastam livremente ovelhas, veados e gamos.

Este compromisso com a natureza, inserido na missão de preservar o património natural da Herdade, é gravado em cada garrafa produzida, como é o caso das novas colheitas Coelheiros Branco 2017 e Coelheiros Tinto 2016.