Há um restaurante em Lisboa que serve uma trufa que vale milhares de euros

No ano passado, 900 gramas de trufa branca de Alba custaram 150 mil euros a um comprador internacional. Este ano, Tanka Sapkota do restaurante Come Prima, na Lapa, quebra o seu próprio recorde ao comprar uma trufa de 1,127 quilos.

Texto de Marlene Rendeiro/ revista Evasões – Fotografia Jorge Simão

Está aberta a época daquele que é um dos produtos italianos mais cobiçados pelos chefs e amantes de alta cozinha de todo o mundo: a trufa branca de Alba, cujo preço por quilo ascende os milhares de euros num mercado de negociações muito imprevisível. Cada caçador de trufas (profissional especializado em «caçar» este ingrediente) fixa o seu próprio preço, dependendo da quantidade e da dimensão de cada uma.

Só no ano passado, uma trufa de 900 gramas chegou aos 150 mil euros. «Este ano, 880 gramas foram vendidos por 85 mil», conta o nepalês Tanka Sapkota, proprietário dos restaurantes italianos Forno d’Oro, Il Mercato e Come Prima. É neste último que serve, desde 2007, pratos com trufa branca de Alba, como o risoto, o tajarin al tartufo (uma massa fresca muito fina) e o ovo cozido a baixa temperatura.

Todos os invernos, quando começa a temporada, Tanka inicia também as negociações com os seus caçadores de trufas. Este ano, além das trufas médias que costuma adquirir, conseguiu bater o seu recorde pessoal.

Leia o artigo completo em www.evasoes.pt.