Do Alentejo à conquista dos Vinhos Verdes

A carregar vídeo...

Carlos e Luís Serrano Mira, produtores no Alentejo — onde têm a Herdade das Servas — estreiam-se no Minho com a chancela Casa da Tapada.

Francisco Graça / V Digital Imagem | Rui Oliveira / Global Imagens

A Casa da Tapada, em Amares, tem tradição vitivinícola desde 1540 e está no coração da área dos vinhos verdes. Os Serrano Mira querem agora reconstruir o nome da Tapada e voltar a produzir os vinhos da região. As primeiras referências já estão no mercado.

Com uma produção, no total, de 80 mil garrafas no total, sendo que 60 mil são de casta Loureiro. E as restantes Alvarinho e Loureiro.