Tudor lança nova gama inspirada nos relógios de mergulho dos anos 50

Lisboa acolheu, esta quinta-feira, o regresso da Tudor com a gama Black Bay, uma linha inspirada nos relógios de mergulho fabricados nas décadas de 1950 e 1960 e o resultado de uma combinação entre a estética tradicional e a relojoaria contemporânea.

Sob o lema #BornToDare, a iniciativa que decorreu no Rive Rouge, em Lisboa, e deu a conhecer os mais recentes relógios, como o novo Black Bay GMT, bem como a história da marca.

«A metamorfose ideal entre o velho clássico e a última novidade, assumindo-se como neo-vintage em termos de estética, técnicas de fabrico, fiabilidade, robustez e qualidade dos seus acabamentos, a gama Black Bay mantém-se consistente com os mais rigorosos padrões da atualidade», lê-se na nota de imprensa da marca sobre o evento que contou com a presença do surfista Frederico Morais, os atores Ricardo Carriço e Inês Castel-Branco, a atleta Patrícia Mamona ou o modelo Luís Borges.