Rolex: a marca de relógios de luxo foi aos Óscares

A marca de relógios de luxo teve uma participação na cerimónia dos Óscares que decorreu no passado domingo, em Los Angeles. Alfonso Cuarón, o melhor realizador da edição deste ano, faz parte do programa Mentor&Protegé da marca.

Texto de Ana Patrícia Cardoso | Fotografia Rolex

Os relógios da Rolex têm marcado presença no cinema, sobretudo em várias produções e realizadores como Martin Scorsese, Alejandro G. Iñárritu, Walter Murch, Stephen Frears, Mira Nair ou Alfonso Cuarón – este ano, galardoado com o Óscar de melhor realização) são alguns dos embaixadores da marca.

Desde 2017 – e, no passado domingo, 24, não foi exceção – a Rolex tem sido o Relógio Exclusivo da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, organizadora dos Óscares, o evento mais importante da sétima arte.

E ainda, durante a sessão In Memoriam, onde foram homenageadas as pessoas que faleceram no ano passado, o Embaixador Rolex Gustavo Dudamel conduziu a Filarmónica de Los Angeles.

“A oficialização do relacionamento com o cinema reflete o espírito sobre o qual a Rolex foi fundada, e isso permeia todas as atividades da empresa,” afirma Arnaud Boetsch, diretor de Comunicação e Imagem da marca suíça.

A pensar na preservação da história do cinema para gerações futuras, a Rolex é ainda um dos patrocinadores oficiais do Academy Museum of Motion Pictures.