O perfume mais caro do mundo custa mais de um milhão de euros

Levou três anos a ser criado e só à 495ª amostra foi considerado perfeito. E é ornamentado em topázio, pérolas, ouro de 18 quilates e prata pura numa garrafa com quase dois metros de altura. Estas são algumas das características daquele que é considerado o perfume mais caro do mundo. O preço? Mais de um milhão de euros.

Concretamente, 1,15 milhões de euros (4,75 milhões no Dirham dos Emiratos Árabes Unidos). “Shumukh” que significa “merecer o mais alto” em língua árabe, é o perfume criado por Asghar Adam Ali e, de acordo com os criadores, tem como propósito aludir aos sete elementos-chave que representam Dubai: mergulho com pérolas (Durra), falcoaria (Baz), cavalos árabes (Abjar), rosas (Narjesi), luxo (Haibah), hospitalidade árabe (Diwan) e a estatura de Dubai como uma “cidade do futuro” (Aamal).

Cada garrafa do perfume contém três litros de cor âmbar, numa mistura de âmbar, sândalo,musk, agarwood puro indiano, rosa turca pura, patchuli, ylang-ylang e olíbano. E, segundo os seus fabricantes, o cheiro deste perfume unissexo “permanece na pele por 12 horas e em tecido cerca de 30 dias”.


Veja também:

A garrafa de vinho do Porto mais cara do mundo