Merci, a loja parisiense que marca tendências faz 10 anos

É uma loja conceptual e que marca tendências em Paris. Em 2019 comemora o seu 10º aniversário afirmando-se como um produto de curadoria e de luxo com personalidade, com fins sociais.

Texto de Filipe Gil, em Paris / Fotografia Leonardo Negrão/Global Imagens

Bernard e Marie-France Cohen criaram em março de 2009 uma loja que fosse mais do que uma loja, a Merci, localizada no número 111 da Boulevard Beaumarchais, na parte norte do bairro Marais.

Dez anos depois e a loja continua a ser um marco de tendências para os parisienses – sobretudo desde o encerramento da La Colette, loja que ombreava com o ditar de novas tendências parisienses.

Situada em 1500 metros quadrados de loja num edifício do século XIX, com dois andares e um pátio, a loja mantém a sua génese de ser pensada como um produto editorial, com várias temáticas. Além disso, tem um cariz solidário assumido uma vez que parte dos lucros vão para instituições escolares na ilha de Madagáscar.

A loja está dividida em várias seções: do vestuário e calçado, ao high-tech (com alta fidelidade), estacionário para escritório, mobiliário, marroquinaria, beleza e iluminação – com marcas escolhidas pelos responsáveis, tendo em conta a qualidade e origem dos produtos.

De acordo com os responsáveis da Merci, “temos um grande respeito pelo artesanato e pelos pequenos produtores. Fazemos um combate à uniformidade do luxo, que nos é imposta em muitos locais, causado, muitas vezes, falhas de emoção. Na Merci não somos apologistas da beleza sem utilidade, mas sim do luxo com personalidade, que se encontra nos detalhes”.

A loja tem ainda uma linha de marca própria com vários produtos de linha de banho a têxteis para a casa.

Na Merci há ainda três espaços para estar e comer. O “Used Book Café” com mais de 10 mil livros nas suas estantes. O restaurante “La Cantine” especializado em refeições saudáveis, e o “Le Ciné Café” com esplanada para o Boulevard Beaumarchais e onde, por vezes são projetados na parede filmes clássicos.

E claro, antes de entrar na Merci há que passar o já icónico Fiat 500 vermelho, um dos locais mais fotografados da loja.