Louis Vuitton cria novas velas aromáticas em conjunto com o perfumista Jacques Cavallier Belletrud

Depois de criar uma primeira coleção de fragrâncias femininas em 2016 que foi seguida por uma oferta de fragrâncias masculinas em 2018, o mestre perfumista Jacques Cavallier Belletrud apostou numa nova viagem: quatro velas aromáticas que transformam a casa noutro ambiente.

Com o contributo do designer Marc Newson, cada uma das primeiras velas perfumadas Louis Vuitton, feitas em cerâmica e trabalhadas à mão, tem uma forma única. Desenhadas para serem portáteis, estas velas contam com uma pega em pele natural, o material emblemático da Maison, fixa com rebites metálicos.

A tampa dourada pode ser removida e colocada em baixo da vela, servindo de base. A cera perfumada vertida em Grasse, França, conta com um detalhe colorido: um pavio revestido com um subtil toque pigmentado, também pintado em Grasse.

O acabamento branco matte da cera contrasta com o brilho da base dourada, enquanto a pega em pele natural complementa a promessa de calor da vela.

«Jacques Cavallier Belletrud imaginou cada uma das suas primeiras quatro velas como uma casa com janelas abertas para o mundo», informa a marca.

A inspiração vem dos «primeiros botões de rosa do jardim, do calor do sol mergulhado num véu de algodão branco, da vegetação que permeia as roupas durante uma caminhada na floresta», revela ainda a marca.

«L’Air du Jardin», «Île Blanche», «Feuilles d’Or», ou «Dehors Il Neige» são as quatro velas disponíveis a 175 euros cada.