IWC lança edição limitada de relógio de bolso com visor digital

O «IWC Tributo a Pallweber» tem uma edição limitada de 50 exemplares e é o primeiro relógio de bolso da IWC com visor digital de horas e minutos desde que a produção do histórico relógio de bolso Pallweber foi descontinuada em 1890. É também o primeiro relógio de bolso da manufatura de relógios de luxo suíça no século XXI.

A IWC Schaffhausen revelou um relógio de bolso no Salon Internationale de la Haute Horlogerie (SIHH), em Genebra, como destaque especial da Coleção Jubilée, que comemora o 150.º aniversário da empresa.

Em 1884, a IWC desenvolveu nos seus ateliês os primeiros relógios de bolso Pallweber. Essas peças mostravam horas e minutos em formato digital com numerais grandes nos discos giratórios.

No 150.º aniversário a IWC faz uma homenagem a este acontecimento com o IWC Tributo a Pallweber Edição «150 Anos». Este relógio de bolso é limitado a 50 exemplares.

A caixa é em ouro rosa de 18 quilates, decorada artesanalmente em guilloché e com uma corrente também em ouro rosa de 18 quilates.

O relógio de bolso tem mostrador branco com acabamento esmaltado e discos indicadores brancos. O pequeno ponteiro dos segundos é azul.

Como referência ao design dos relógios Pallweber históricos e em homenagem a F.A. Jones, o relojoeiro americano fundador da IWC, as janelas do visor digital têm as inscrições «Hours» e «Minutes».