Gio Rodrigues apresenta novo espaço no Porto com experiência de luxo

Uma experiência de luxo e um serviço personalizado. É essa a aposta de Gio Rodrigues, designer do Porto, que apresenta agora um novo conceito de marca e de espaço. Usando sedas, caxemiras, lãs frias e cristais Swarovski, o estilista do Porto prepara o lançamento do novo site e o desfile de apresentação da nova coleção SS19, marcado para novembro.

Texto de Patrícia Tadeia

«No mundo atual podemos comprar qualquer marca de luxo através de um clique, mas facilmente percebemos que a compra de luxo não se trata só de peças de grande qualidade, mas sim, de uma experiência. E é essa experiência que quero proporcionar aos meus clientes», começa por dizer à DN Ócio. Em conversa com Gio Rodrigues, que aposta agora num serviço mais personalizado e num formato «premium», ficámos a saber pormenores da renovação do espaço que o designer de noivas tem na rua 31 de Janeiro no Porto, inspirado numa viagem recente a Bali.

A natureza e as energias de Bali fizeram-no sentir a necessidade de renovar e de imprimir um novo rumo à marca e aos cinco pisos que compõem a loja. «Precisava de mudar a minha vida, a minha visão e até o lugar onde trabalhava. Todas as mudanças visuais e conceptuais são a personificação do meu novo eu e da nova faceta da marca», refere. A luminosidade do espaço, os tons verde bosque e azul royal são as apostas do novo espaço.

Quanto às criações, «as sedas são sem dúvida o ex-libri desta coleção, desde cetins, mousselines a crepes de seda até a misturas como lã e seda», acrescenta. «Usamos também os Swarovski em pequenos detalhes, sem qualquer ostentação», diz ainda o criador, cuja loja em Barcelona «está classificada como uma das melhores da Europa», refere. Ainda sobre a internacionalização acrescenta: «Angola representa também uma fatia de faturação bastante interessante e neste momento estamos a apostar na Irlanda e Reino Unido

«Todas as mudanças visuais e conceptuais são a personificação do meu novo eu e da nova faceta da marca»

Quando o questionamos sobre o target da marca, hesita. «É engraçado quando me fazem esta pergunta, pois fico sempre confuso. Tenho clientes de vários estratos sociais e culturais, com apenas um denominador em comum, a procura de produtos de qualidade diferenciada. A minha marca neste momento atinge, desde a irmã da noiva até ao avó da mesma, por isso, não nos é possível definir um target específico», acrescenta o designer para quem a moda está no ADN. «Nasci no meio de cortes de tecidos e costureiras, pois a minha avó materna era uma modista de renome, na época, na cidade de Lisboa. Sempre quis ser designer», conclui à DN Ócio.

Todo o processo de reestruturação da marca culminará com o lançamento de um novo site e com o desfile de apresentação já no próximo mês de novembro.