Designers brasileiros de joias abrem loja e ateliê criativo no Porto

Depois do mercado brasileiro, Diogo Dalloz e Ni Romiti apresentam-se agora no mercado português. Os designers cariocas acabam de abrir uma loja-ateliê de joalharia contemporânea, «The Jewellery Experience«, nas Galerias Lumière no Porto.

Diogo Dalloz e Ni Romiti, designers brasileiros de joias, afirmam-se no mercado português com a abertura de uma loja-ateliê de joalharia contemporânea, na baixa do Porto. As Galerias Lumière são a nova morada dos jovens criadores que apostam assim no crescimento da marca, que além de ponto de venda, acolhe também o ateliê criativo.

Além de expor as coleções de ambos os designers, a loja será um espaço de experiência – The Jewellery Experience, em que os visitantes poderão assistir à manufatura das peças ao vivo e participar na própria criação e personalização das suas peças.

Diogo Dalloz nasceu no Rio de Janeiro, mas foi em Portugal que descobriu o fascínio pela técnica e arte da ourivesaria portuguesa. Formado em Escultura, teve o seu primeiro contacto com a joalharia em Portugal, num programa de intercâmbio na Universidade de Lisboa. Mais tarde, regressou, desta vez para a cidade do Porto, para frequentar a pós-graduação em «Design de Joalharia» e mestrado em «Design de Produto», com enfoque no design de joias.

Terminada a formação, cria a sua marca em nome próprio no Brasil, onde esta começa a ganhar expressão. Mas muda-se finalmente para o Porto no início deste ano, com a ambição de expandir o negócio em Portugal e na Europa.

Diogo Dalloz realça que a sua marca «alia a qualidade da técnica da joalharia portuguesa à sensualidade do design carioca». «Foi em Portugal que me apaixonei pelas joias e é aqui que pretendo continuar a desenvolver a minha marca. Mas também quero trazer um pouco do Brasil para Portugal, daí que tenha desafiado o Ni Romiti a juntar-se ao projeto. Aliás, o nosso objetivo é que a loja seja um palco de criação e que no futuro venhamos a receber outros autores, portugueses, brasileiros ou de outras nacionalidades, que queiram expor o seu trabalho em Portugal», conta.

Com a joalharia presente no ADN familiar, Ni Romiti cria joias versáteis e que primam pela sua intemporalidade. Residente no Rio de Janeiro, o designer assume o fascínio pela permanente inovação e evolução.

Para Ni Romiti será uma estreia no mercado português. Segundo o criador brasileiro «esta é uma oportunidade de expandir a marca em Portugal e abrir portas para mercados muito interessantes, nomeadamente centro da Europa».

A abrir a sua primeira loja em colaboração com Diogo Dalloz, o designer salienta a importância de «ter um espaço físico mais próximo do consumidor português e que me permite expor as minhas peças, para um público mais abrangente e, paralelamente, trabalhar em colaboração com um designer brasileiro que aposta na versatilidade das peças e na qualidade da produção».

Em Portugal, para além da loja própria, as joias Diogo Dalloz podem ser encontradas através da loja online e na loja do Museu de Serralves. As peças de Ni Romiti podem ser adquiridas também online.