Cadeira icónica de Frank Lloyd Wright volta a ser produzida

A cadeira Taliesin 1 desenhada pelo arquiteto Frank Lloyd Wright em 1949 volta a ser produzida pela empresa italiana de mobiliário, Cassina. São 450 unidades, disponíveis em três cores e cada uma custa perto de cinco mil euros.

Texto de Marina Almeida

É uma cadeira feita a partir de uma única peça de madeira dobrada, o que a faz ser apelidada de origami. A alusão à técnica ancestral japonesa de dobragem de papel é fácil de perceber ao olhar para a Taliesin 1, a cadeira que o arquiteto norte americano Frank Flloyd Wright pensou para a casa-atelier de Taliesin West, em Scottsdale, Arizona (atual sede da fundação com o seu nome). Foi produzida em massa pela Cassina entre 1986 e 1990 e descontinuada porque era muito «avant garde», refere o site de arquitetura Arch Daily. Agora a empresa italiana de mobiliário reedita a peça icónica.

A Taliesin 1 será disponibilizada em edição limitada e em três cores: vinho, azul escuro e verde petróleo. «Trinta anos depois, a Cassina revisitou o projeto, em colaboração com a Frank Lloyd Wright Foundation. Craftsmanship e tecnologia de ponta encontram-se no trabalho de excelência da carpintaria, e um conforto adicional é dado por um encosto mais reclinado e um estofo mais espesso», refere a companhia italiana. A poltrona custará 4800 euros.

A Cassina tem outras peças de Wright no seu catálogo, como as cadeiras Barrel, Barrel Taliesin ou Robie 1. O autor da famosa Casa da Cascata é um dos mestres do catálogo da empresa italiana, que também produz as famosas cadeiras Vermelha e Azul ou Zig Zag Gerrit Rietveld ou mobiliário de Le Corbusier, entre outros.

Casa da Cascata, de Frank Lloyd Wright