Exposição de Hermès fica mais tempo que o previsto em Lisboa

O «Petit h» um laboratório de ideias e experiências da marca francesa Hermès que está em mostra em Lisboa alargou a data de exposição até ao dia 29 de setembro (a data inicial era 16 de setembro).

O primeiro andar da loja portuguesa, no Chiado, foi transformado numa exposição criada por Godefroy de Virieu, diretor criativo da marca e pela arquiteta e designer portuguesa, Joana Astolfi.

No ponto de partida de cada objeto criado pelo «Petit h» encontra-se um material proveniente da Hermès e outros materais. Um dos principais objetivos destes ateliers criativos é o de criar «um diálogo entre os artesãos do atelier (trabalhadores especializados em selas de couro, ourives, vidreiros, costureiros…) e designers e artistas de todas as áreas».

Pela primeira vez em Lisboa, e até 16 de setembro, os visitantes são convidados a descobrir as mais recentes invenções do petit h. O público é também incentivado a participar em ateliers criativos onde pode criar os seus objetos com a ajuda de um artista convidado. Depois de Lisboa, o petit h segue para a loja Hermès em Hong Kong, onde ficará de 16 de novembro a 9 de dezembro de 2018.