As casas mais caras à venda em Lisboa

Lisboa já está entre as 100 cidades mais caras do mundo. A subida de 44 posições no ranking do custo de vida, num estudo elaborado pela consultora Mercer, reflete-se, claro, no preço das casas. Viver em Lisboa não é para todos. Comprar casa, muito menos. E para o demonstrar, damos-lhe conta de algumas das casas mais caras da capital portuguesa, uma informação que vamos estar a atualizar com regularidade.

Palácio na Quinta de São Sebastião – 7.500.000 euros

Um palacete para quem gosta de viver como um rei, ou rainha, claro. O Palácio na Quinta de São Sebastião fica no Lumiar, tem 13 assoalhadas distribuídas por 998,10 metros quadrados, sendo a área total 1,42 hectares. São quatro quartos, duas suítes e oito casas de banho e ainda uma arrecadação no piso -1. A propriedade, à venda na Engel & Völkers, tem ainda um anexo com rés-do-chão e águas furtadas de 189,90 m² com quatro divisões e ainda uma garagem para três lugares de estacionamento. E não esqueçamos o jardim e a piscina.

Casa no Chiado – 3.950.000 euros

Seguimos para o Chiado, para encontrar uma área total de 303 metros quadrados e vista para o rio Tejo. São seis assoalhadas, distribuídas por vários pisos, cinco casas de banho, uma cozinha totalmente equipada, e uma lavandaria. Possui ainda duas entradas independentes de acesso à propriedade e garagem.

Moradia no Bairro do Restelo – 2.000.000 euros

Foi construída em 2014 mantendo-se fiel à traça do Bairro do Restelo, na zona mais ocidental da cidade de Lisboa, onde o rio Tejo «mergulha» no mar e onde estão situadas grande parte das embaixadas em Portugal. Esta moradia com sete assoalhadas e uma área útil de 246 metros quadrados tem como extras o aquecimento e aspiração central, vidros duplos, sistema solar para aquecimento de águas, alarme e rega automática. Está à venda na Engel & Völkers.

T4 no Chiado – 1.700.000 euros

Mais um apartamento numa das zonas mais nobres e movimentadas da capital portuguesa: o Chiado. Tem sete assoalhadas e um total de 243 metros quadrados. Dos quatro quartos, dois são em suíte. Uma entrada separada leva-nos à parte de trás da casa e dá-nos acesso à garagem com lugar para quatro carros. Está à venda na Engel & Völkers.

T4 no Parque das Nações – 1.050.000 euros

Apartamento T4, à venda na Engel & Völkers, com uma área total de 181m². O imóvel, localizado no Parque das Nações, tem uma suíte e um dos quartos com vista privilegiada para o rio Tejo. A cozinha foi totalmente remodelada, e o apartamento disponibiliza ainda aquecimento central, dois lugares de garagem e uma arrecadação.

T1, Rua Castilho – 780.000 euros (10.400 euros por metro quadrado)

Cada metro quadrado deste T1 tem o valor de 10.400 euros. É assim, na rua Castilho, no centro de Lisboa. O prédio foi totalmente remodelado e o apartamento é vendido decorado e mobilado/equipado. Sala, cozinha e suíte compõem os 75 metros quadrados do imóvel, que dispõe ainda de um lugar de estacionamento e arrecadação. «Tem uma localização premium no Edifício Heron, um dos mais prestigiados edifícios de Lisboa próximo da Avenida da Liberdade», diz Ricardo Rajani, líder de vendas da Remax Platina, que no ano passado comercializou 126 casas, transacionando 30 milhões de euros.

T1, Rua Braamcamp – 750.000 euros (7.500 euros por metro quadrado)

Mais uma vez próximo da Avenida da Liberdade, aqui o metro quadrado desce para 7.500 euros. São 100 metros quadrados que compõem o apartamento tem a vantagem de ter uma varanda, e claro, um lugar de estacionamento e arrecadação. «Neste momento temos casas mais caras, mas estas destacam-se pelo preço do metro quadrado», acrescenta Ricardo Rajani da Remax Platina que, por exemplo, já vendeu um prédio na Baixa de Lisboa por 7 milhões de euros.