Arranha-céus na China tem a maior cascata artificial do mundo

E se uma cascata nascesse no topo de um edifício? Na China, é possível. É assim no Liebian International Building, um prédio com escritórios, lojas e um hotel de luxo, localizado na província de Guizhou. O projeto é da Guizhou Ludiya Property Management.

Um arranha-céus no sudoeste da China acolhe a maior cascata artificial do mundo. O prédio tem 120 metros, a cascata 108. Tudo acontece graças a quatro bombas gigantes que enviam a água desde os tanques de armazenamento do porão para o topo do prédio.

O prédio e a cascata já existem há dois anos, mas esta cascata ainda só foi foi ativada seis vezes. Em causa está o elevado custo operacional do equipamento necessário: 135 euros por hora. Por isso mesmo, a água que é usada é reciclada e a cascata só funciona em ocasiões especiais – e mesmo assim, durante 10 a 20 minutos de cada vez.

«A água que usamos é água subterrânea reciclada, água da chuva ou de outros canais de água”, disse um representante da Guizhou Ludiya Property Management. «Guiyang é uma cidade de montanhas e com muitas árvores. Queria criar uma sensação de água e vegetação, mesmo quando estamos cercados de arranha-céus”, referiu a mesma fonte.

A carregar vídeo...