Hotéis de luxo para as férias de 2019

Desde suítes de cinco estrelas a apartamentos elegantes, são várias as novas ofertas, previstas para 2019. Os destinos são de sonho, mas os espaços não ficam nada atrás. A DN Ócio diz-lhe onde pode aproveitar umas férias de luxo, já a partir deste ano.

Six Senses, Butão

Localizado no sul da Ásia, no extremo leste dos Himalaias, o Butão faz fronteira a norte com a China e a sul, leste e oeste com a Índia. Rodeado de uma grande variedade de fauna e flora, o Six Senses Bhutan é um hotel com cinco chalés com decks de grandes dimensões localizados em Thimphu, Punakha, Paro Valley, Gangtey e Bumthang. «Palace in the Sky» e «Traditional Birdwatching Bridge» são alguns dos nomes destes chalés.

Mandarin Oriental Jumeira, Dubai

No Dubai, é tudo em grande. E tem algo português. Localizado à beira-mar, o Mandarin Oriental Jumeirah é um resort com seis restaurantes entre os quais está a Tasca, o primeiro restaurante do chef Jose Avillez fora de Portugal. O novo resort luxuoso tem 12 villas e várias piscinas infinitas, com vista para a praia de Jumeirah. O projeto foi concebido pela empresa DesignWilkes, de Kuala Lumpur.

Waldorf Astoria Maldives Ithaafushi, Maldivas

Águas azul-turquesa, praias paradisíacas. É assim no Waldorf Astoria. Localizado numa ilha privada a apenas 30 minutos do aeroporto, nas Maldivas, a propriedade tem 121 villas de um, dois e três quartos. Da elegância clássica à grandiosidade moderna, destaque para os spas sumptuosos e excelência gastronómica, os desportos e atividades aquáticas, yoga, ginásio.

Nayara Tented Camp, Costa Rica

Luxuoso e eco-friendly. Localizado no coração do Parque Nacional do Vulcão Arenal, na Costa Rica, o Nayara Tented Camp contará com 18 tendas de luxo com ar condicionado e piscinas alimentadas por fontes termais naturais. Um destino de sonho para os aventureiros, os hóspedes poderão desfrutar de uma variedade de atividades ao ar livre, incluindo rafting, canoagem, caminhadas, arborismo, visitas às fontes termais e muito mais. A abertura está marcada para o outono de 2019.

Belmond Cadogan Hotel, Londres, Reino Unido

Localizado na Sloane Street, em Londres, tem 54 quartos e suítes recheadas de estilo e História. Depois de um dia na cidade, a sugestão é que relaxe nos jardins privados, junto à lareira ou beba um gin no bar. Abre no final de fevereiro.

Magashi Camp, Ruanda

Ideal para quem procura uma autêntica aventura em África. A partir de março, a Wilderness Safaris estreia o novo Magashi Camp: um acampamento de seis tendas com um salão luxuoso, uma área de jantar e bar, uma adega e uma piscina. O acampamento localiza-se a nordeste do Parque Nacional Akagera e tem vista para o Lago Rwanyakazinga (lar de uma das maiores populações de hipopótamos do continente).

Secret Garden, Portugal

E claro que Lisboa não passa despercebida aos turistas. Quem chega agora à capital é o grupo Selina. A marca foi lançada há alguns anos, expandiu-se na América e entra agora em território europeu. O espaço terá aproximadamente 90 quartos, bem como cinema, bar e restaurante, biblioteca e muito mais. «Embalada em sete colinas, Lisboa é a cidade do sol», lê-se no site da marca. «Desfrute do melhor clima da Europa, juntamente com edifícios coloridos e pitorescos», continua o site que fala em «vistas deslumbrantes, locais históricos, fado, ginjinha» e muito mais. A abertura está marcada para abril de 2019.

Mas o grupo não fica por aqui. Além de Lisboa, instala-se também na Ericeira, «um refúgio refrescante com sabor a Portugal». «Perfeito para surfistas de todos os níveis, esta encantadora cidade costeira combina um ambiente amigável com grandes ondas durante todo o ano», lê-se no site convida ainda a experimentar os mariscos tradicionais. A abertura acontece em março.

Anantara Tozeur Resort, Tunísia

Repleta de palmeiras e piscinas exuberantes, o Anantara Tozeur Resort tem 93 quartos e surge como um paraíso no meio do Saara. Inspirando-se nas aldeias de oásis ao redor, a propriedade absorve o silêncio do deserto, oferecendo a culinária local com jantares sob as estrelas. Os hóspedes são convidados a atravessar Chott el Djerid, o maior lago salgado do Saara, que reluz à luz do sol como uma miragem.