Há um novo museu (e enoteca) à beira do Douro

Será à beira do rio Douro, no Cais de Gaia, que a Real Companhia Velha inaugura, no próximo dia 30 de agosto, o 17•56 Museu & Enoteca. Este será o novo centro de visitas da empresa portuguesa, com atividade ininterrupta há quase 262 anos.

O 1756 Museu & Enoteca da Real Companhia Velha é um espaço com 3.000 metros quadrados que vem ocupar parte daquele que outrora foi um dos armazéns da Companhia. O espaço está dividido em dois pisos, onde vinho, gastronomia e história se complementam.

O nome faz referência ao ano da instituição da Real Companhia Velha, o mesmo da 1.ª Demarcação do Alto Douro: 1756, mais precisamente a 10 de setembro.

«Este é um projecto com o qual sonhávamos há anos, senão décadas. Naturalmente, vamos manter as nossas instalações e Caves de Vinho do Porto na Rua Azevedo de Magalhães, também em Vila Nova de Gaia, com um circuito de visitas e provas cada vez mais dinâmico, mas ter um centro de visitas à beira rio vai levar-nos para outro patamar de (re)conhecimento, nomeadamente junto dos visitantes estrangeiros, que são cada vez mais numerosos», afirma Pedro Silva Reis, presidente da Real Companhia Velha. «Com este espaço, temos a ambição de ser uma referência no circuito internacional dos apreciadores de vinho», acrescenta.

O Museu da 1.ª Demarcação situa-se no piso 0 e é contíguo a uma sala de provas e loja de vinhos. Dividido em seis capítulos, no núcleo museológico conta-se a história do Douro, a mais antiga região demarcada e regulamentada do mundo, através de inúmeros objetos e documentos pertença do espólio da empresa. Um museu que nos conta também alguns dos mais importantes acontecimentos mundiais.

No piso 1 situa-se a Enoteca 17•56, um espaço que pretende contribuir para a afirmação do Porto como uma das dez capitais mundiais do vinho e onde a oferta gastronómica é bastante variada, mas o vinho é rei. De notar que, para além do portefólio da Real Companhia Velha (aqui listado com 300 referências), vão estar ao dispor alguns dos melhores vinhos de Portugal, na secção ‘Carta dos Amigos’, e também vinhos das imponentes regiões do Velho Mundo. No total, a carta de vinhos ultrapassa as 500 referências.

Mas a oferta não passa só pelo vinho mas também pela gastronomia. Na Enoteca 17•56, a Fromagerie Portuguesa apresenta uma seleção de cinquenta queijos nacionais e internacionais, que podem ser consumidos no local ou comprados para levar para casa.

A oferta de cozinha tradicional, peixes e mariscos é assegurada por um chef e equipa da Real Companhia Velha. O Reitoria assegura as sandes gourmet e a steakhouse, com carnes maturadas diversas; e o Shiko um raw bar, de inspiração japonesa.

O espaço tem ainda uma zona de lounge, um cigar club (para apreciadores de charutos, em harmonia com bons Vinhos do Porto), duas salas privadas e um terraço panorâmico.