Gosta de ler? Hotel de luxo nas Maldivas oferece emprego de sonho

Se é daqueles para quem as férias devem ser sinónimo de praia e um bom livro, ou livros, este pode ser mesmo o emprego perfeito. O Soneva Fushi, um resort de luxo nas Maldivas onde cada noite pode custar entre 1.700 euros até 22 mil euros, está à procura de amante da leitura para trabalhar numa livraria «pop-up» na… praia.

Texto de Patrícia Tadeia

Todas as villas e quartos do resort beneficiam de acesso privado e direto à praia. Localizado no Atol de Baa, Reserva da Biosfera da UNESCO, este resort parece assim ser o destino ideal para quem quer um emprego de sonho.

Se a areia branca e as águas cristalinas não são argumentos suficientes para concorrer ao lugar de «vendedor de livros numa ilha deserta», há outras razões. Do contrato faz ainda parte a estadia no resort.

Philip Blackwell, fundador da Ultimate Library, referiu recentemente ao The Guardian: «O pagamento é irrisório, mas os benefícios são incomparáveis. É um emprego de sonho para muitas pessoas. Se tivesse novamente 25 anos, candidatava-me.»

O candidato deve estar disponível por um período mínimo de três meses, durante o qual, além de atender os clientes, deve ainda escrever «um blog divertido e animado que capte a vida exaustiva de um livreiro numa ilha deserta».

Terá ainda a função de entreter as crianças com histórias e organizar cursos de escrita criativa para os hóspedes. «Queremos alguém no terreno que seja criativo e inspirador e que consiga que mais pessoas se apaixonem pela leitura, que é o que as pessoas gostam de fazer nas férias», acrescentou.

A Ultimate Library tem mais de 250 projetos de livrarias «pop-up» em hotéis por todo o mundo, incluindo mais de 30 hotéis e resorts de luxo, bem como um navio de cruzeiro, uma reserva de caça do Quénia e um clube privado de membros em Londres. Por cada livraria que abre, a empresa faz uma doação de livros a uma instituição local.