«O riso dos outros» e «Grupo 8» em exposição em Évora

O Centro de Arte e Cultura da Fundação Eugénio de Almeida, em Évora, inaugura no próximo sábado, 13 de outubro, às 18h00, duas grandes exposições: «O riso dos outros» e «Grupo 8».

«O riso dos outros» é uma exposição com assinatura de Pedro Proença e uma complexa construção sobre o artista e seis outras personagens: John Rindpest, Sandralexandra, Sóniantónia, Rosa Davida, Pierre Delalande, Bernardete Bettencourt e Pedro Proença ele-mesmo, sob a visão curatorial de João Gafeira, também ele um outro do autor. Uma exposição de palavras e objetos, biografias e bibliografias, criações e variações.

A exposição «Grupo 8» é o resultado de uma aproximação documental ao trabalho do grupo do contexto artístico português dos anos 70. Nesta exposição, Joaquim Tavares, um dos membros, apresenta o seu trabalho de investigação, documentação e reconstrução de obras e ambiências que caracterizaram o Grupo, condensando numa narrativa expositiva materiais, memórias, vivências e influências.

A exposição reúne um conjunto significativo de peças, incluindo obras inéditas deste grupo de artistas. Constituído por António Palolo, José Carvalho, José Conduto, Joaquim Carapinha, Nelson Ferreira Alves, Dimas, Madeira da Rocha e Joaquim Tavares, o Grupo 8 desenvolveu e mostrou coletivamente os seus trabalhos em Évora e em Lisboa, entre os anos de 1977 e 1979.