Galerista português entre os melhores da Europa

Nuno Centeno está entre os melhores galeristas europeus com menos de 40 anos pela segunda vez. Depois da Artnet, foi a Apollo International Art Magazine a chamar o portuense a uma lista de “gente jovem inspiradora do mundo da arte”.

Texto de Marina Almeida

Por estes dias Nuno Centeno ultima os preparativos para a inauguração da galeria com o seu nome na antiga Cooperativa dos Pedreiros, no Porto no próximo dia 19 de outubro. Eis que chega mais uma boa notícia, para ajudar às mudanças: o galerista é um dos jovens inspiradores do mundo da arte com menos de 40 anos para a Apollo International Art Magazine. Trata-se do único português nesta lista, apesar de haver outra galeria portuguesa entre os nomeados: a lisboeta Madragoa, fundada e codirigida pelo italiano Matteo Consonni.

“Esta nomeação acontece pela primeira vez a um galerista Português e é de uma grande relevância para nós Portugueses na área cultura”, refere Nuno Centeno, de 39 anos. Em 2016 fora nomeado pela plataforma digital Artnet como um dos dez galeristas mais conceituados da Europa. Este ano recebeu já o prémio do melhor stand da feira internacional Frieze em Nova Iorque.

A Apollo International Art Magazine enfatiza o curriculum de Centeno, referindo-se à nova galeria, num “edifício histórico, com mais de mil metros quadrados” onde apresenta “quer os artistas consagrados como os emergentes”, com um foco particular na arte Latino Americana.

“Fiquei contente. Aos poucos tenho conquistado alguns títulos importantes para Portugal, como este e da Artnet. É o resultado de um trabalho feito com muito gosto, dedicação e prazer”, disse Nuno Centeno à DN Ócio.

Soube do reconhecimento em agosto, apesar de só agora este ter sido tornado público numa cerimónia em Londres no The Wallace Collection. Acredita que este vem do trabalho desenvolvido com paixão e da “diversificação da área de negócio” que tem feito. Abriu há quatro meses, com a sócia Rita Almeida, o Spot, um parque de esculturas ao ar livre num jardim privado na zona do Porto, e em outubro, na nova galeria de arte na Rua da Alegria, vai inaugurar um espaço inédito em Portugal – e, acredita, no mundo: a primeira galeria de livros de artista único, a Artist Book Gallery. “Foram estas ramificações, esta diversidade, que tornaram este prémio possível”, diz o galerista, filho do artista plástico Sobral Centeno. Por isso, realça, a distinção da Apollo International Art Magazine surge na área de business/empreendedores.

“Foi para mim uma surpresa estar ao lado de algumas das pessoas que mais respeito” e escolhido por um júri que integra nomes como Susan Philipsz, vencedora do Prémio Turner ou Iwona Blazwic, diretora da Whitechapel Gallery, em Londres, frisou.

Nuno Centeno integra o comité de seleção das galerias para a feira ARCO Lisboa e também é conselheiro Municipal da Cultura da Câmara do Porto.

A nova galeria de arte contemporânea Nuno Centeno inaugura a 19 de outubro, na Rua da Alegria 598, no Porto. Mais do que uma galeria, quer que seja uma nova sala de estar da cidade.