Empresas de aviação montam creche a 35 mil pés de altitude

Champanhe e caviar podem atrair os adultos que optem por uma viagem de avião em jatos privados. Mas e para os mais pequenos? A pensar nas famílias, as empresas de aviação privadas começaram a apostar em atividades para os passageiros mais jovens.

Festas, filmes, ou jogos são alguns dos programas disponibilizados pela VistaJet, por exemplo. «Em um em cada quatro voos da VistaJet, há uma criança a bordo», referiu à Forbes Matteo Atti, vice-presidente de Marketing e Inovação da empresa fundada em 2004 por Thomas Flohr.

Imaginado para crianças até aos 16 anos, e com a ajuda de organizadores de festas para os mais pequenos, o programa «Adventures in the Sky» transforma o avião num verdadeiro parque infantil. A 35.000 pés, as crianças descodificam mensagens secretas, vestem a pele de atores durante um filme gravado a bordo, ou participam num chá do «Chapeleiro Maluco», como se fizessem parte do País das Maravilhas.

«Vimos a oportunidade de construir algo especial para nossos passageiros mais jovens», defende o responsável. A Vistajet quer fazer as crianças felizes e por isso disponibiliza ainda um menu de alimentos a pensar neles. E ainda uma tripulação preparada pelo colégio britânico «Norland College» para lidar com estes pequenos passageiros.

Mas a VistaJet não é a única empresa a apostar neste tipo de programas. Também a XOJet disponibiliza livros de atividades e jogos a bordo, verifica alergias e fornece opções de menu saudáveis para crianças.